Dosador industrial: como fazer a melhor escolha para o segmento da sua indústria

A culpa do desperdício na sua indústria pode ser do seu dosador industrial ou da falta de automação na hora de empacotar. Entenda como isso pode lhe afetar!

Ninguém quer correr o risco de não atingir ou ultrapassar as quantidades certas e perder a qualidade do produto na hora de empacotar, certo? Por esse motivo, escolher o dosador industrial correto e mais adequado ao seu segmento de indústria é um fator importantíssimo.

Mas, e como fazer essa escolha? Atentando-se a determinados itens é possível optar pelo modelo mais apropriado. Para você entender a importância de utilizar um dosador industrial adequado e de quebra descobrir como fazer a escolha correta é só continuar com a leitura!

Qual a importância da precisão na dosagem de produtos?

A precisão na pesagem de todos os produtos da indústria alimentícia é um fator primordial, afinal pesagens imprecisas, que concentram mais ou menos do que a embalagem sugere de produto só acarretam em problemas, como prejuízos e prestação de contas com o Inmetro.

Os prejuízos acontecem quando o peso do produto excede o que sugere na embalagem, ou seja, quando é entregue a mais do que o prometido. Mas, caso isso aconteça, há um risco de complicações legais com o Inmetro.

Além das normas regulamentadoras, existem também outras razões que devem motivar uma dosagem correta. Entre elas estão a otimização do processo produtivo, a eliminação de perdas de produto, e claro, a transparência com os revendedores e clientes finais.

Quais produtos podem ser dosados?

Mas, por que eu perderia produto? Vou lhe explicar: existem dosadores ideais para produtos homogêneos e heterogêneos. Entenda a diferença: produtos homogêneos são aqueles com um peso uniforme, como a farinha, açúcar ou líquidos, por exemplo. Eles possuem seus grãos ou volume em um peso padrão. Já um produto heterogêneo pode ser um pacote de ração ou pedaços congelados de algum alimento, que possui diferentes grãos ou partes com diferentes pesos.

Qual a importância de um dosador com precisão de pesagem?

É necessário que o dosador tenha a leitura desses fatores que mencionei para que a pesagem dos produtos seja a mais precisa possível. E dessa forma você evita de entregar mais ou menos produtos do que a embalagem sugere, chegando a um peso exato e preciso.

Outro problema enfrentado pelas empresas é a utilização do dosador industrial inadequado para a sua necessidade. Muitas vezes pelo investimento parecer alto ou por falta da informação correta. Por isso vou te dar uma dica de ouro: evitar gastos pode trazer grandes prejuízos. Por esse motivo é ideal trabalhar com o dosador que tenha a precisão que você precisa, pois com o tempo, ele vai compensar o seu investimento.

Como escolher um dosador industrial adequado?

Antes de tudo, você precisa saber que o dosador é uma dos principais componentes de uma empacotadora. Responsável pelo pleno funcionamento da máquina, ele determina a agilidade do processo, especificações técnicas e a precisão na pesagem de diferentes produtos.

Você também precisa saber que cada tipo de produto exige um tipo de dosador diferente, por isso, a Perfil Maq conta com uma linha completa de dosadores, prontos para suprir as necessidades da sua indústria. Os modelos disponíveis eu vou te mostrar a seguir!

Produtividade e índice de repetitividade estatística em dosadores

A produtividade de um dosador pode ser medida pela quantidade de vezes que ele é capaz de repetir uma mesma medida, isto é, quantas vezes ele consegue atingir exatamente o mesmo peso distribuído na embalagem.

E quanto mais preciso ele for e mais vezes conseguir repetir a operação com eficiência, mais preciso o equipamento é e consequentemente, mais vale a pena investir nele.

Principais problemas encontrados nos sistemas de dosagens

Os principais problemas nos pesadores são:

  •     A falta de precisão na pesagem;
  •     Seleção inadequada do dosador industrial para determinado produto;
  •     Aquisição um dosador com capacidades maiores para potencializar a produção (seu payback será rápido);
  •     Tecnologias ultrapassadas;
  •     Mecanismos mecânicos.

Para você entender melhor, um exemplo real: em uma situação de um cliente que empacota pão de queijo congelado, o peso final não fecha e então ele coloca uma unidade a mais (aproximadamente 80 gramas por pacote), imagina quanto ele irá perder por mês?

Se ele empacotar 3.000 kg por dia, (pacotes de 2 kg), logo ele produz 1.500 pacotes por dia. Se ele exceder em 80 gramas em cada pacote (1.500 x 80), ele estará desperdiçando 120 kg por dia, (multiplicados pelos 22 dias trabalhados) resultam na perda de 2.640 kg de produto por mês. Multiplicando 2.640 kg pelo preço/kg (8 reais), resultaria em um total de R$ 21.120,00 de prejuízos por mês.

Isso sem contar na redução de custos com os recursos humanos. Mais um cálculo: se 5 funcionários são responsáveis pela pesagem dos produtos, com um dosador industrial seria necessário o auxílio de somente um, (o operador da máquina). Se o salário desses 5 colaboradores for R$ 1.500,00, multiplicado pelos 5 responsáveis = R$12.750,00 por mês. Reduzindo a mão de obra para um único colaborador, a conta cai para R$2.550,00 mensais.

Imagine: somando os R$ 21.120,00 a menos de prejuízo com os R$ 10.000,00 teríamos uma redução de R$ 31.120,00 por mês. Se um equipamento dosador + empacotadora custar em média 280 mil reais (podendo variar conforme o equipamento), dividindo pelos R$ 31.120,00 economizados por mês, os investimentos serão compensados em 9 meses.

Modelos Perfil Maq

E então, agora que você já sabe qual a importância de escolher o dosador industrial correto para o seu tipo de produto, não tem desculpas, certo? Para lhe nortear na jornada de descoberta sobre qual é o melhor para a sua necessidade, confira agora mesmo os modelos disponíveis!

Conseguiu descobrir como escolher o melhor dosador para a sua indústria? Se algum de nossos modelos satisfazer a sua necessidade, é só solicitar o seu orçamento sem compromisso clicando aqui.

Galeria de imagens