Inteligência artificial: sua indústria mais competitiva

Veja de que forma a inteligência artificial pode contribuir para reduzir custos e aumentar os lucros de sua empresa!


Com o objetivo de produzir mais, reduzir custos e, consequentemente, aumentar os lucros, empresas de todos os portes e nos mais variados segmentos, já incorporam tecnologias inteligentes em sua rotina laboral. A aplicação dessas tecnologias é um dos pilares da Indústria 4.0, por isso, para que uma empresa se mantenha mais competitiva no mercado é necessário que ela atenda a essa exigência.

 

De acordo com a Federação Internacional de Robótica, em 2015 já existiam no Brasil 1,6 milhão de robôs industriais em operação. Atualmente, esse número está em 2,6 milhões. 

Nesse post, vamos explicar melhor o que é a Inteligência Artificial (IA), como aplicá-la na sua empresa e de que forma ela auxilia na redução dos custos. Continue a leitura e confira!

O que é inteligência artificial?

A inteligência artificial nada mais é do que um conjunto de recursos tecnológicos que possibilitam que as máquinas percebam, compreendam, aprendam e atuem de modo autônomo ou complementando as funções humanas, com o objetivo final de melhorar o processo produtivo e reduzir custos.

Como aplicar a inteligência artificial na indústria?

A aplicação da inteligência artificial se dá nos mais variados processos e setores industriais. O seu uso torna a produção industrial mais ágil e eficiente em comparação com o trabalho humano, reduzindo ou eliminando falhas e retrabalhos. 

 

A Inteligência Artificial também desenvolve funções que não poderiam ser feitas por uma pessoa, como por exemplo, a manipulação de matérias-primas perigosas. Além disso, com a IA é possível realizar, com o máximo de eficiência, a análise de componentes microscópicos e a inspeção completa de produtos de uma linha de produção, além de outras atividades. Ela também é útil para executar trabalhos repetitivos durante longos períodos, sem necessidade de pausa para descanso. 

 

Você já deve ter percebido que, há tempos, uma boa parcela do atendimento primário a clientes de bancos e do comércio online já é feita com o uso da inteligência artificial.

Com relação aos clientes, a IA é útil para:

  • Realizar análises detalhadas sobre padrões e histórico de compras;
  • Avaliar produtos;
  • Captar as demandas do mercado consumidor.

Essas informações servem de base para que a empresa crie produtos mais personalizados, melhorando seus serviços e sua relação com os clientes.

No setor produtivo, a inteligência artificial pode ser aplicada para:

  • Aperfeiçoar o monitoramento das etapas de produção;
  • Controlar a quantidade de insumos utilizados;
  • Fornecer dados para reorganizar a linha de produção, tornando-a mais eficaz.

Exemplos de aplicação da inteligência artificial em diferentes áreas:

  • Na agricultura: máquinas realizam o trabalho de colheita e conseguem diagnosticar doenças ou pragas nas plantações;
  • Nos transportes: aponta rotas alternativas ou mais rápidas, estima tempo de trânsito, identifica placas, além de ser usada em sensores de automóveis e nos veículos que não necessitam de motorista.

Tecnologia aliada à redução de custos

Um estudo realizado pela Accenture Research indica que, com o uso da inteligência artificial, a produção industrial em diversos setores pode aumentar em até 40%, um índice até então nunca alcançado.

Ainda de acordo com o estudo, hoje são mais beneficiadas pelo uso da IA as empresas das áreas de comunicação e serviços financeiros, assim como os setores de produção.

 

A utilização da IA na indústria possibilita:

  • Solucionar problemas com mais agilidade;
  • Tomar decisões mais assertivas;
  • Prevenir falhas e erros;
  • Obter mais dados sobre a cadeia produtiva e melhorar sua estrutura;
  • Executar tarefas com alto grau de complexidade;
  • Prever demandas.

Além disso, em uma comparação com seres humanos, a inteligência artificial assegura mais regularidade e confiabilidade em diversas funções, de modo que os colaboradores ficam disponíveis para realizar tarefas mais complexas, dinâmicas, seguras e estratégicas.

Tudo isso contribui para evitar desperdícios e retrabalhos, fazendo com que diminuam os custos com a manutenção de estoques, fornecimento de insumos e de produção. E, como sabemos, a redução de custos é essencial para que uma empresa possa obter uma melhor lucratividade.

Portanto, podemos dizer que a inteligência artificial é uma verdadeira revolução tecnológica, pois as indústrias que a utilizam conseguem obter retorno imediato, uma vez que ela possibilita maior autonomia e produtividade, melhorando a capacidade competitiva das empresas e garantindo seu espaço no mercado, seja qual for a área de atuação.

Esse conteúdo foi útil para você? Aproveite que está aqui e dê uma conferida em outros artigos interessantes no nosso blog!

Galeria de imagens