Planejamento e controle da produção

Você sabe o que é o planejamento e controle da produção (PCP)? Conhece seus propósitos e entende quais são os ganhos para a empresa? Veja agora!

O planejamento e controle da produção (PCP) na indústria é um ponto complexo, mas fundamental para a sobrevivência e saúde da empresa. O PCP é o processo que serve para planejar, programar e controlar a produção industrial.

Na sua empresa, como é feito o PCP? Como você sabe, é indispensável planejar, programar e controlar a sua produção. Não respeitar essas etapas é provocar dificuldades maiores de produção.

O planejamento e controle da produção permitem diversos ganhos para a indústria. Nós vamos lhe mostrar, além das vantagens, o que é o PCP e porque nenhuma indústria pode se dar ao luxo de ficar sem. Siga a leitura!

O que é planejamento e controle da produção (PCP)?

Antes de partirmos para os ganhos, precisamos esclarecer o que é “planejamento e controle da produção”: o PCP é um processo que interfere e auxilia diretamente o gerenciamento das operações da empresa. Veja a explicação sobre os itens do PCP:

Planejamento

Planejar representa estabelecer as metas e os objetivos de maneira antecipada, sempre otimizando da melhor maneira os recursos de entrada e o tempo de produção.

Nessa etapa, devemos fazer as seguintes perguntas: como vamos fazer? Quando fazer? O que precisamos fazer para atingir nossas metas e objetivos?

Controle

O controle tem a ver com as funções administrativas. Por meio dele, busca-se avaliar e corrigir os projetos durante o processo de produção.

Com as medidas de controle, a indústria consegue analisar se tudo está ocorrendo da melhor forma para que se alcance os resultados almejados.

Qual é a principal finalidade do PCP?

Na realidade, são duas as finalidades: aumentar a eficácia dos meios de produção e ponderar para que as metas da indústria sejam alcançadas.

O planejamento e controle da produção determina ainda outros fatores essenciais, como quantidade a ser produzida, fluxo de materiais, etapas de transformação dos insumos e o design da planta.

Mas, quais são os ganhos ao implantar o PCP?

Como falamos inicialmente, existem diversas vantagens de se ter um planejamento e controle de produção. Vamos ver as principais? Continue lendo!

Melhora da organização dos processos

Lembra o que falamos sobre planejamento? Com o PCP, a empresa organiza os processos e eleva as chances de atingir os objetivos. Os gestores e demais colaboradores sabem o que fazer no tempo determinado para a produção.

Desde o trabalho de cada pessoa, até o controle do estoque, a logística e o que mais envolve a indústria, tudo fica mais organizado.

Maior controle e monitoramento

Se há controle e monitoramento constante, os gestores tem “em mãos” como anda o processo de produção. Além disso, contabilizam ganhos, perdas, lucros e prejuízos de maneira precisa.

O PCP facilita a vida dos gestores na hora de perceberem uma falha e corrigi-la o mais rápido possível.

Previsão de venda mais certeira

Com mais informações à disposição, é possível fazer uma previsão de vendas mais certeira. Assim, planeja-se a produção de acordo com as demandas previsíveis e os pedidos feitos de produtos que acabaram.

Não esqueça de analisar as previsões juntos aos setores de venda, comercial e de marketing. A análise vai considerar as tendências e sazonalidades.

Conhecimento do que deve ser comprado e produzido

Com o planejamento da produção, você sabe qual será o seu MRP (planejamento das necessidades de materiais). Deste modo, sabe exatamente o que deve ser comprado e produzido para o cumprimento do plano de produção.

Gestores com entendimento avançado do MRP podem ainda, ao ter as ferramentas apropriadas, saber onde produzir, de quem vão comprar, os melhores preços, etc.

Menos desperdício

Você sabe que o controle do estoque é fundamental para os resultados financeiros da empresa, não é? Ficar atento ao que está sendo mais ou menos comercializado ajuda a evitar o desperdício.

A medida também faz parte do monitoramento e controle que evita o desperdício de matéria-prima, da mão de obra, de tempo e dinheiro.

Colaboradores mais motivados

Equipe motivada rende mais, certo? O planejamento e controle de produção também tem a ver com os processos que envolvem diretamente os colaboradores. Afinal, são eles a imagem da empresa e a força para os trabalhos avançarem!

Um plano de cargos e salários, treinamentos e premiações farão muito bem à equipe.

Comunicação clara

Falar, mas também ouvir os colaboradores! O trabalho com o planejamento e controle da produção é uma via de mão dupla. Tanto gestores quanto colaboradores estão envolvidos nos processos e possuem as suas responsabilidades.

Por meio de uma comunicação clara, fica muito mais tranquilo abrir para conversas e a troca de ideias.

Avaliação dos recursos mais sobrecarregados e mais ociosos

O PCP possibilita avaliar quais recursos estão mais sobrecarregados e aqueles mais ociosos em uma fábrica. Assim, os recursos poderão ser melhor aproveitados.

Essas informações são importantes, pois através delas é possível realizar as melhorias, como não permitir que a produção pare em função de uma máquina sobrecarregada.

Em seguida, pode-se reorganizar os centros de trabalho e diminuir o tempo ocioso de alguma etapa.

Mais qualidade e custos reduzidos

Reduzir os custos e alcançar mais qualidade é um desafio! No entanto, com um planejamento e controle de produção eficiente, essas duas conquistas podem andar lado a lado.

Como o ambiente de trabalho está organizado, os desperdícios diminuíram e os colaboradores estão mais satisfeitos, os processos melhoram e a indústria alcança mais qualidade à custos menores.

 

Os ganhos ao implantar o planejamento e controle da produção vão refletir nos lucros da empresa, pode ter certeza! Então, como você já sabe porque ele é tão importante, é hora de começar a rever os processos de produção.

Galeria de imagens