Gestão de custos

A gestão de custos na indústria representa um grande desafio! Por sua complexidade, ela exige que os gestores a façam de maneira minuciosa. Saiba mais!

Para quem trabalha com gestão de custos na indústria, encarar a pressão de não tomar decisões equivocadas não é nenhuma novidade. Porém, não basta estar ciente disso, é necessário entender se a estratégia adotada está funcionando.

Será que aí na sua indústria, a atual estratégia de gestão de custos realmente funciona? Para tirar a dúvida de vez da sua cabeça, preparamos um conteúdo com informações bem valiosas.

Vamos ver se a sua estratégia está operando da maneira certa? É só continuar a leitura!

Diferentes setores impactam nos custos de um produto

Na hora de definir os custos de um produto, o que você considera? É preciso entender que os diferentes setores da sua empresa vão impactar no resultado final dos custos. Veja só:

  • Os colaboradores que definem a estrutura do produto vão trabalhar com diferentes opções de matéria-prima e componentes. O que eles apontarem e os gestores decidirem vai interferir nos custos;
  • A equipe que trabalha no processo de produção define como ele será fabricado. Portanto, como há várias maneiras de fabricar um produto, a decisão vai impactar nos custos.

Para se ter uma estratégia de gestão de custos que funciona, esses setores precisam estar alinhados. Tendo conhecimento dos custos de cada etapa, fica mais fácil identificar o que pode ser melhorado.

É assim que funciona na sua indústria?

Sua gestão de custos precisa de análises estratégicas

Na hora de gerir os custos, você precisa fazer a análise de alguns fatores importantes, como estes:

  • Analise as opções e o custo-benefício ainda na fase de desenvolvimento do produto. Existem empresas que visualizam isso apenas quando o produto já está em fase avançada de desenvolvimento. Cuidado, pode ser tarde!
  • Avalie os custos para uma possível mudança de engenharia. Mas, não esqueça de avaliar as alternativas no processo de fabricação e ferramental para obter o menor custo;
  • Crie e avalie as ideias para redução de custos dos produtos atuais. Identifique quais deles tem maior potencial e poderiam sofrer alterações em menor espaço de tempo;
  • Considere os pontos de controle do ciclo de vida de um produto. Um erro comum é apontar modificações no produto e não reavaliar os custos.

Como são as suas análises estratégicas? Não deixe de lado essas que você acabou de ler!

A automação dos dados facilita a gestão de custos

Quais ferramentas você utiliza atualmente para fazer a gestão de custos na indústria? Suas planilhas ou softwares de gestão acompanham as mudanças? A tecnologia está aí para lhe ajudar e você não deveria abrir mão dela para potencializar a sua gestão de custos.

Existem ferramentas no mercado, como softwares e sistemas, que armazenam um volume imenso de dados, avaliam a sua produção, agendam as manutenções, desenvolvem relatórios de custos e ganhos, entre tantos outros serviços.

Se você não tem todas as informações alinhadas no mesmo local, as chances de obter informações inconsistentes, números difíceis de atualizar, gerenciar e compartilhar, são bem maiores. Além disso, as tomadas de decisões estratégicas podem ficar comprometidas.

Visão clara dos dados permite investimentos

Mesmo nos momentos em que você pensa “estagnar” o seu negócio, seja lá qual for o motivo, ao ter visão clara de todos os dados da empresa, você pode seguir investindo, mesmo que de forma reduzida.

Por ter uma visão ampla da gestão de custos e de tudo o que está acontecendo na sua empresa, é possível planejar ações de acordo com o seu orçamento.

Faça um mapeamento dos processos internos

É extremamente importante fazer isso! Com o mapeamento dos processos internos, o gestor consegue identificar se é necessário contratar, demitir, automatizar, terceirizar processos, entre outras questões.

Existe ainda a possibilidade de utilizar a própria mão de obra, onde os colaboradores poderão sugerir melhorias no processo produtivo. A medida deverá impactar financeiramente a empresa.

Tenha uma pessoa responsável por verificar inconformidades e possibilidades de melhorias

Umas das tendências na indústria, principalmente no setor alimentício, é a contratação de uma pessoa responsável para verificar inconformidades e possibilidades de melhoria nos setores.

É comum que se contrate um trainee para exercer essa função. Além das tarefas, ele traz novidades do seu aprendizado na universidade.

Obviamente, a prática varia de acordo com o tamanho da empresa, a qual deve verificar se isso é viável.

 

Com a gestão de custos que permite uma percepção maior da situação da empresa, você não vai tomar decisões precipitadas que acarretam em prejuízos e frustrações. Em contrapartida, caso os seus dados não sejam tão claros assim, é preciso rever o que você anda fazendo na sua gestão de custos.

Galeria de imagens