Como a indústria 4.0 vem impactando a indústria alimentícia

Você sabe como a indústria 4.0 funciona? Confira agora como ela impacta no ramo alimentício!

Um atributo muito coerente para caracterizar a indústria 4.0 é: tecnologia. A inovação, automação e otimização são itens que ganham muita força nesse modelo industrial.

Mas, o que exatamente é a indústria 4.0? Muito se fala em indústria 4.0 e muitas pessoas mesmo do ramo, não sabem exatamente o que isso significa.

A inovação com certeza é um de seus pilares, mas definindo-o de modo mais palpável, pode-se dizer que é basicamente um sistema de dados armazenados em nuvem, por exemplo. A partir dessa inteligência automatizada o próprio equipamento pode tomar decisões. Desta maneira, o sistema é um equipamento de processamento que evolui constantemente.

Você deve estar imaginando que diante de todas essas características, a tendência é a perda da qualidade, mas é aí que você se engana.

O avanço tecnológico através das pesquisas vem aprimorando também a qualidade e segurança dos produtos oferecidos pela indústria 4.0. Nesse sentido, quanto mais informações se obtém, maior é a precisão no processo!

Ainda há um emaranhado de novas práticas que envolvem todo o espectro da indústria e nós vamos lhe contar. Vem com a gente!

Redução de custos

O investimento em máquinas inteligentes, automatização e constante avaliação no sistema de produção podem parecer itens banais, mas ao final trazem grandes resultados e um deles é a redução de custos!

A verdade é que esses itens aceleram o ritmo da produção, produzindo mais em menos tempo. Além disso, contribuem para um melhor aproveitamento dos recursos, diminuindo os índices de desperdícios.

Maior qualificação da mão de obra

A constante busca em aprimoramento da indústria 4.0 também impacta na qualificação da mão de obra. Nesse setor é encontrado uma lacuna a ser resolvida: a carência de profissionais capacitados para realizar a parte operacional.

Uma previsão feita pela Roland Berger Company estima que nos próximos 20 anos a expectativa do déficit é de 200 milhões de trabalhadores qualificados para atender às demandas da indústria 4.0.

Esse déficit vem aparecendo em função da velocidade das atualizações e avanços na parte da tecnologia, que exigem algumas habilidades técnicas, em que muitas vezes o operário não dá conta de acompanhar. Algumas dessas habilidades são tão específicas e minuciosas que dificilmente são encontradas no Brasil, especialmente pelo estado que a economia se encontra atualmente.

Maior segurança para o consumidor

Esse fator amplia a confiabilidade, e por consequência, o consumo. A verdade é que as novas práticas adotadas pela indústria 4.0 diminuem a probabilidade de falhas, aumentam a qualidade do produto oferecido em função das pesquisas e transparecem muito mais organização.

Além disso, também há um avanço na parte visual e física do produto, o que também contribui para demonstrar a confiabilidade do mesmo. O design, embalagens e materiais utilizados para os mesmos também evoluíram juntamente com os processos, contribuindo para uma melhor conservação dos alimentos, praticidade no consumo e consequentemente criando uma imagem ainda mais profissional do produto.

Melhor análise de dados da indústria 4.0

Essa é mais uma grande vantagem adotada pela indústria 4.0. Uma análise de dados eficiente contribui muito para realizar um parâmetro geral da situação da empresa. Fazendo um monitoramento adequado fica muito mais fácil adotar medidas preventivas e trabalhar com antecedência, evitando possíveis dores de cabeça.

Além disso, o processo de gestão fica muito mais otimizado pela facilidade em coletar os dados no equipamento. Desta maneira, pode-se gerar diversos relatórios de produtividade, eficiência do equipamento, eficiência energética, entre outros. Processos esses que antes da indústria 4.0 eram gerados de maneira convencional.

Não podemos deixar de observar sobre a facilitação do processo proporcionada pelo sistema. Viabilizando assim, a geração diversos relatórios de produtividade, eficiência do equipamento, eficiência energética, entre outros, que até então seriam gerados com processos convencionais.

Quer saber mais sobre a industria 4.0, saber como dar os primeiros passos?

Redução do impacto ao meio ambiente

A revolução nos meios de produção da indústria 4.0 não diz respeito apenas à produtividade, otimização e multiplicação de lucros, ela também traz consigo a responsabilidade ambiental.

Ela também se detém a resolver os problemas e superar obstáculos com uma agilidade maior, mesmo que tais fatores exijam a implantação de novas operações ou demandem de tempo para um planejamento estratégico.

O ritmo acelerado de produção, na sua maioria das vezes é um dos obstáculos encontrados quando o assunto é responsabilidade ambiental e cuidar dele é um grande desafio para a indústria.

O cuidado com o meio ambiente é um dever de empresas de qualquer segmento, mas, no ramo da indústria ele se faz ainda mais importante. Dessa maneira, a sustentabilidade é um item primordial para a indústria 4.0.

 

Descobrimos que a tecnologia é a fonte principal da indústria 4.0. Na embalagem de produtos, por exemplo, é possível reduzir custos drasticamente. Confira como fazer isso no nosso eBook: como reduzir em até 35% o custo da embalagem na indústria.

Galeria de imagens